segunda-feira, 13 de maio de 2013

• Say no to Love - Capítulo 2 - Autografo




Cheguei na escola e fui direto pra cantina porque lá normalmente era a onde  Caitlin costumava ficar com as meninas sempre que chegava , e como sempre sim, ela estava lá sentada em uma das mesinhas tomando seu café, fui até lá e cumprimentei todas elas, menos a Caitlin , cochichei em seu ouvido e a chamei para me acompanhar até um lugar mais reservado, logo  me afastei de lá, percebi ela dizer alguma coisa pras garotas e depois me seguir até o jardim da escola, fiz carinha de cachorrinho sem dono quem sabe assim ela se comove, e pegue mais leve comigo.



Caitlin: O que é?  -disse séria-
Mel: Tá brava comigo? –fiz biquinho-
Caitlin: Brava não, chateada.
Mel: Se eu pedir desculpas vai adiantar alguma coisa?
Caitlin: Não, desculpas não resolvem tudo Mellanie, você queria se afastar de mim, até agora não acredito nisso.
Mel: De você não Caitlin, de Einstein e você sabe muito bem.
Caitlin: Mesmo assim, iria se afastar de mim também.
Mel: Bobona , eu iria todos os dias na sua casa depois das aulas.
Caitlin: Não ia ser a mesma coisa e você sabe.
Mel: Tá bom Caitlin, esquece isso tá? Eu não vou mais me trocar de colégio.
Caitlin: Só porque não te aceitaram –retrucou-
 Mel: Dá pra pular pra parte em que a gente faz logo as pazes?
Caitlin: Não vai ter essa parte aqui, hoje. Se quiser ir pra Grady pode ir eu não me importo.
Mel: Não?
Caitlin: Não, porque minha melhor amiga agora é a Tifany - tentou me passar ciúmes-
Mel: Vem cá minha criançona - a abracei de canto-
Caitlin: Eu ainda estou chateada, não adianta abraço, não comigo.
Mel: Você me ama demais pra ficar brava comigo.
Caitlin: Vai se fuder
Mel: Só se for com o Brad Pitt amiguis
Caitlin: Ah coitada, como se ele fosse te querer.
Mel: Eu dó pro gasto tá sua recalcada.
Caitlin: Isso mesmo disse bem claro, dá pro gasto mas não pro Brad.
Mel:Você não sabe de nada -ri- vou lá pegar meus livros porque já estou atrasada ok? Até na aula.
Caitlin: Até nunca isso sim
Mel: Também te amo gata – mandei beijo no ar a fazendo rir- e fica longe da Tifany , porque você é minha e eu acabo com a raça  dela.

Sai de lá no momento certo, eu sabia que ela não estava mais tão chateada assim. Fui até meu armário que era o armário 169 , abri ele a procura de alguns livros que serão necessários pra aula de hoje. Sabe de uma coisa? A escola está muito calma pro meu gosto hoje, durante essa semana toda ela vem sendo uma loucura, e agora está uma paz, um ar tão puro. Melhor assim não acham? ...Peraaaaai, acho que falei cedo demais, olhei pra trás e vi uma pequena multidão, uma roda de garotas histéricas se aproximando do corredor e no meio delas sabem quem estava? O cara mais arrogante desse mundo, um robozinho feito só pra fazer dinheiro. O ódio, como evita- lo em uma horas dessas? com tantos corredores nesse colégio eles tinha que estar bem nesse?   Droga!
 Continue, pegando alguns livros no armário tentando agir normalmente e fingir que só havia eu naquele corredor, porém foi inevitável não ouvir a conversa deles afinal eles estavam bem perto de mim.



Xxx1: Justin me dá mais um autografo?
Justin: claro que sim princesa.
Xxx2: Seu cabelo, você, é tudo tão lindo.
Justin: aawn obrigada Gatinha.
Xxx3: Você ficaria com uma garota do 2º ano do ensino médio?
Justin: hmm – disse com tom de safado- porque não? Talvez , se ela for tão linda quanto você.


As garotas histéricas começaram a berrar no meio do corredor, mereço, ótimo jeito de começar o dia não é mesmo? --'


Justin: Meninas agora vocês tem que ir, falo com vocês no intervalo ok? E eu gostei da sua proposta – disse apontando pra garota que fez a pergunta-



Como ele consegui ser tão ridículo
 assim? As garotas  foram embora é claro, ele mandou elas obedecem igual umas cachorrinhas, e só restou eu naquele corredor vazio, quer dizer eu e ele né, porque o troglodita também estava ali pra minha infelicidade. Ele foi até o seu armário que a propósito é bem perto do meu, como eu sou sortuda mdsss! Peguei e joguei meu livro dentro do armário com raiva, pensando na imensa sorte que eu tenho. Continue procurando o livro de teoria geral para administração, até que ouvi um voz que fez meu sangue ferver por dentro e circular por cada veia do meu corpo em grande velocidade, aquela voz que um dia mesmo sem ele saber já me fez bem, mas que hoje me faz um mal que ninguém imagina o quanto.


Justin: Bom dia!


Como esse garoto ousa falar comigo? Eu dei essa liberdade? Cara com a raiva que eu tenho dele, ele ainda fica abusando. Apenas ignorei o que ele  tinha dito e continue procurando o livro até finalmente encontrar, ouvi aquela voz rouca soar em meio ao corredor silencioso novamente.

Justin: Você não quer um autografo lindinha?


Agora sim, eu não sei se explodo de raiva ou se eu morro de tanto rir, um autografo dele? Hahahaha francamente né


Mel: Um autografo né! Claro que sim, porque não!? –forço um sorriso-
Justin: Sabia que iria querer – sorriu-


Fiquei observando o babaca pegar um papel dentro do seu armário e depois escrever alguma coisa nele.


Justin: Aqui está linda – disse erguendo o papel-



Peguei o papel da mão dele, observei o mesmo por alguns segundos ‘’ De Justin Bieber para a garota mais linda ‘’ afs é pra rir né!? Só pode, peguei o mesmo e o amassei até ficar em forma de um bolinha bem pequena, ele ficou me observando  incrédulo é claro. Fui até o lixo que estava a pouco metros de mim e joguei a bolinha ali mesmo, sai andando como se nada tivesse acontecido em direção a minha sala,  fiz questão que ele visse aquele minha ceninha, por favor ele acha que todos desse mundo é fã dele é?



JustinON 


Mas um dia no colégio, estou adorando essa história de fazer direito, eu nunca gostei de estudar mas de um tempo pra cá a historia tá sendo diferente,  sabe como é né!? Eu me sinto um garoto normal aqui, não que eu não goste de ser quem eu sou , quando eu escolhi ser cantor eu sabia das conseqüências e eu não estou reclamando disso, pra ser sincero eu faria tudo de novo se preciso, , eu amo o que eu faço e sou abençoado por ter tido a oportunidade de realizar meu sonho e de ter fãs tão maravilhosas quanto as minhas, ah e claro gostosas também, porque não é querendo me gabar não mais eu tenho fãs que são uma delicia, nossa senhora é muita gostosura pra pouco Justin.  Enfim , acontece que as vezes isso tudo cansa sabe? As vezes eu apenas quero ser uma pessoa normal, o Justin, e não o Justin Bieber que todos conhecem. Aqui no colégio mesmo tento pessoas me rodeado e querendo me bajular o tempo inteiro , mesmo assim eu me sinto um pouco mais normal.
 Difícil mesmo foi convencer o Scooter a deixar eu vir pra cá, mas no fim eu convenci ele porque quem manda nessa porra sou eu.... Mentira as coisas são bem assim também né, eu só quero estudar sabe? Quero conviver com gente da minha faixa etária de idade, pega mulheres e mais mulheres e aproveitar a vida, ainda mais agora que eu estou solteiro vocês me entendem! Não vou deixar minha carreira e nem nada, então prometi pro Scotter que vou dar conta das duas coisas e também já tenho 20 anos, tenho todo o direito de tomar as minhas próprias decisões.


Depois que cheguei no colégio, varias garotas me cercaram por todos os lados, dei atenção a elas é claro, afinal de contas nesse colégio só tem garotas lindas devo confessar.  Uns minutos antes de bater o sinal eu disse que as veria no intervalo e elas foram embora. Finalmente consegui chegar ao meu armário que era o 171, pra poder pegar alguns livros. Vi uma garota ali que me chamou bastante a atenção, porque digamos  que ela não estava com uma cara muito boa,  estava praticamente socando seu armário, resolvi ser simpático e disse ‘’bom dia’’ na esperança da minha presença melhorar aquela cara de mal humor que ela tinha, mas ela não me respondeu. Achei estranho será que eu falei baixo demais? Depois resolvi oferecer um autografo, meu é claro. Que garota da idade dela não gostaria de ter um autografo meu? Ela disse que queria, e depois de dar a ela aquele autografo, ela simplesmente o amassou e o jogou fora, mas como ela se atreve? Que garota sem noção, e mano e que falta de educação, eu sei que ela me parece estar em um péssimo dia mas não é legal sair por ai descontando sua raiva nos outros eu só estava querendo ser simpático. E cara será que ela não percebeu que aquilo era um autografo meu? Tipo, o garoto mais famoso da atualidade, não é querendo se achar mas esse cargo é meu não é? Te dá um autografo você simplesmente joga o autografo dele no lixo. Tipo hã?
Essa garota deve ser maluca, distancia dela pfvr, vai que esse mal humor é contagiante.

(...)


Hoje até que as aulas passaram bem rápido, eu faço faculdade de direito, não que eu queira virar advogado , eu só queria estudar alguma coisa mesmo sabem? Chris, Chaz e Ryan fazem o mesmo curso que eu e estão na minha sala, acho que foi mais um motivo pelo qual eu tive  preferência por direito.  Depois da aula fiquei um bom tempo na sala esperando todos saírem, hoje não to afim de enfrentar aquelas pessoas vindo atrás de mim enquanto eu ando pela escola. Os meus brothers ficaram lá comigo, e quando saímos até o portão da escola encontramos a Caitlin e suas amigas conversando, na verdade é mais provável que elas estejam fofocando sabem como são essas garotas.
 Chegamos e dissemos uma ‘’oi’’ pra elas, que sorriram ao nos ver, menos uma delas que estava séria e disse para Caitlin.



XxXx: Caitlin vou pra casa o ar aqui está poluído.



E depois saiu com bastante pressa, achei seu rosto familiar e fiquei tentando buscar na memória a onde eu tinha visto ela, me lembrei rapidamente, difícil esquecer né, que outra pessoa maluca nesse mundo amassou um autografo meu assim na minha cara? Chamei Christian em um canto e perguntei.



Justin: O que deu nela?
Chris: Nela quem?
Justin: Na garota que saiu daqui agora.
Chris: Ah a Mellanie? é que ela não gosta de você Justin.
Justin: o que? – disse supresso-
Chris: Ela não gosta de você uai.
Justin: -ri- impossível Christian, todas as garotas gostam de mim.
Chris: Sinto muito, mas essa dai não.
Justin: uhm, e quem te disse isso?
Chris: Ela mesma, ela é amiga da minha irmã e minha também, ta sempre lá em casa.
Justin: E porque ela não gosta de mim?
Chris: Ah isso aê eu já não sei.
Justin: uhm –falei simples-
Chris: Não consegui aceitar o fato de que uma garota não goste de você né!?
Justin: Christian pra ser sincero eu dou graças a Deus, essa garota é maluca.
Chris: Você mal a conhece.
Justin: digamos que já deu pra perceber isso.
Chris: ela não é maluca, muito pelo contrario viu, sem contar que ela é tão linda – ah defendeu-
Justin: Pode ser, mas mesmo assim é doida.
Chris: E me diz que cara gosta de garotas simples e sem graça?
Justin: hmmmmm, tem alguém apaixonado.
Chris: -riu- apaixonado não porque sei que não tenho chance, mas ela é gente boa.
Justin: Se você diz né

MellanieON



Depois das aulas eu a as girls ficamos um pouco no portão da escola colocando a conversa em dia, Caitlin já está normal comigo eu disse que ela não consegui ficar chateada.  Depois de uns minutos vi, Christian, Chaz e Ryan vindo em nossa direção, abri um sorriso enorme quando eu vi eles principalmente o Chris porque ele é meu melhor amigo, mas o mesmo sorriso se desfez ao ver quem estava atrás deles. Todos eles foram até nós, nos cumprimentar. As meninas ficaram lá com um sorrisinho bobo somente porque o Justin estava entre eles, francamente o que esse garoto tem? Ele é ridiculo ...  Ah então agora vai virar moda é? Agora esse garoto vai ficar cruzando comigo pela escola? Depois Caitlin me pergunta porque eu queria me mudar pra Grady. Tudo bem não tem importância ele chega? eu saiu daqui sem problemas. Peguei minha mochila que estava no chão e me mandei de lá

Fui até no estacionamento onde se encontrava minha moto, sim eu tenho uma moto é uma BMW 1200 roxa, meu pai queria me dar um carro quando eu fiz 17 anos, mas eu não quis porque carro custa muito caro, e moto é mais econômica. Quando me aproximei dela, senti meu celular vibrar no bolso, vi no visor e era meu pai, eu atendi e ele disse que precisava da minha ajuda pois um dos funcionários dá loja tinha pegado alguma doença e precisava de mais um vendedor lá na loja, ele queria que eu ocupasse o lugar desse funcionário por hoje, eu aceitei porque minha cabeça ultimamente anda tão atormentada e eu preciso ocupa-lá de alguma maneira, sem falar que sempre que vou lá na loja fico babando nos caras lindos que vão lá, e tem também as cantadinhas podres que eles me dão, eu sempre me divirto.  Montei na moto e fui até o shopping correndo, amo sentir os ventos batendo em meus cabelos.


(...)

Já tinha comido alguma coisa lá no shopping mesmo e agora estava atendendo os clientes, estava até com o uniforme,  ou quase com o uniforme, porque o uniforme das funcionarias daqui é uma saia preta e uma blusinha roxa escrito ‘’ men hipsters’’ que é o nome da loja do papai, mas meu pai não permitiu que eu usasse aquela saia ele disse que elas são muito curtas então tive que por só a blusinha e ficar com a minha calça jeans mesmo. É incrível como ele não se importa das funcionaras usando aquelas saias curtas, mas EU ele não deixa usar.

Tinha atendido uma pá de cliente e levado uma pá de cantadas também, uns 4 carinhas já tinham me dado o telefone deles fora os que perguntaram qual era a hora do fim do meu expediente para podermos pegar um cineminha. Obvio que não aceitei nenhum convite né!
Tinha quase acabado de atender mais um cliente quando Bia uma das vendedoras cochichou em meu ouvido.


Bia: Tem um rapaz ali atrás que quer ser atendido por você.
Mel: Ah tudo bem bia, diz pra ele esperar só um pouquinho.

Entreguei a sacola com as coisas que o moço tinha comprado


Mel: Aqui está moço, volte sempre –sorri-
Rapaz: Se prometer que será sempre você que vai me atender, eu volto todos os dias


Sorri tímida não disse absolutamente nada apenas observei aquele cara ir embora, ele era um puta de um garoto lindo, acho que eu até teria dado moral  se eu não estivesse trabalhando e se meu pai não estivesse na loja.  Me virei pra atender o cliente que a bia disse que estava me esperando, não precisei nem andar até ele porque ele estava bem atrás de mim observando eu terminar de atender aquele rapaz.


XxxX: Ouvi dizer que é você que vai me atender  -sorriu-

             ----------------------------------------------------------

Mais um capitulo lindas, o que acharam?
Quero opinião e tal.

Vou deixar o trailer aqui pra quem não viu ainda



                                  Beijo beijo e obrigada por lerem, comentários please! Se quiserem dar dicar também :p

17 comentários:

  1. continuaaaa mt bom!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. ai mds é o justin ?? hdsgfsdfh continua logo plmdds

    ResponderExcluir
  3. OMG *-*
    , ainda não acredito que você voltou a postar, tipo vi agora a pouco e pirei véi u.u
    Eu amava o IB I breathe for you espero que ontinue quando terminar o novo (;

    Mas que IB é essa ? Say no to love é demais, adorei o trailer, e os dois capitulos *-*
    Você escreve muinto bem cara u.u

    Continua diva *-*

    @LetciaCardoso2

    ResponderExcluir
  4. cotinuaaaaaaaa esta otimo s2s2s2s2......#rayara

    ResponderExcluir
  5. TO SIMPLESMENTE AMANDO DE PAIXAO !!! KRA TA LINDO VEY !! CONTINUA LOGO VAI E ACHO Q ESSE CLIENTE AE Q QUIZ SER ATENDIDO PELA MEL É O JUSTIN KKK ! TO AMANDO @SWAGDO_JUSTIN

    ResponderExcluir
  6. OMGGGGGG ELA VOOOOLTOU Õ/ Coontiinua loogo amor *-*
    #estou #muiito #ansiosa bjjjjs !
    To amando u.u

    @BrenndaBianka

    ResponderExcluir
  7. Oi Juliana! Awn...Que capítulo mega perfeito! Já li o outro e, sua fanfic está ficando ótima! Amando demais! Será que o carinha é Justin?! Hm, sei não, mas acho que sim. hehehe.. : )Continua... Avise-me pelo twitter @biebzreason Beijos. <3

    ResponderExcluir
  8. Amor ler e divulga a minha #IB por faaaavor ? http://imaginebelieberswagsomeancriminal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. tem que postar logo né querida.

    ResponderExcluir
  10. ta perfeeito continua logo ñ aguento mais esperar :)

    ResponderExcluir
  11. continuaaaa logo por favoor

    ResponderExcluir
  12. cara posta logo, uma hora as pessoas cansam de esperar daqui a pouco vai fazer um mês que você não posta.

    ResponderExcluir
  13. Prefiro a outra mas, como eh inicio fica meio chatinho... Continua escrevendo a outra fic.. PFFF!

    ResponderExcluir