quarta-feira, 28 de agosto de 2013

• Say no to Love - Capítulo 16 - Festa do Chaz



Depois levantei no mesmo instante eu ia pro meu apartamento escolher minha roupa pra essa festa se eu vou sair com o Zayn eu pelo menos tenho que estar apresentável.


Cheguei no meu ape e fui direto pro meu quarto, revirei meu guarda roupa inteiro procurando uma roupa que fosse boa o suficiente, mas não achava nada que combinasse com a ocasião.  Abri uma gaveta e lá encontrei um vestido que eu usei apenas uma vez na minha vida e ele era perfeito, me despi daquela calça jeans e daquela blusa regata experimentando o tal vestido que encontrei torcendo para que ele ainda me servisse e serviu perfeitamente, me olhei no espelho pra ter certeza se era esse mesmo que eu iria usar e sem duvidas era esse. Tirei o mesmo com cuidado e coloquei em cima da cama, peguei meu celular e deitei de lingerie ao lado do vestido. Disquei o numero do Chaz e liguei pra ele perguntando se eu poderia levar um amigo comigo na sua festa e ele disse que não tinha problema nenhum que quanto mais gente melhor, agradeci e depois mandei uma mensagem pro Zayn lhe informando o meu endereço.


Fiquei olhando pro teto do quarto até que me bateu uma tristeza, é sempre assim quando eu fico sozinha eu penso em coisas tristes e nesse momento me lembrei da Jessie, sentei-me na cama e fiz uma oração por ela, faz tanto tempo que eu não faço isso, que eu não oro nem por mim nem por ninguém, eu só sei reclamar da vida e como eu sou mal agradecida não? Perto de muitos minha vida é perfeita. Terminei de orar pela Jessie e deitei de novo na cama mais aliviada, mais leve. Liguei a tv e fiquei assistindo um filme de comedia romântica que tava passando.


(...)


Quando terminou o filme era exatamente 9:30 da noite, resolvi então começar a me arrumar pois eu ainda tinha que lavar a cabeça e sabia que demoraria bastante. Entrei no chuveiro e antes de começar a me lavar de verdade depilei minha perna e todos os lugares do corpo onde tem cabelinhos indesejados. Em seguida ensaboei meus cabelos e do nada me veio o Justin na cabeça, me veio a cena de quando eu abri os olhos na noite passada naquele hospital e dei de cara com ele ali me fazendo companhia, me veio também a cena dele cantando pra mim no seu show enquanto acariciava meu rosto, coisa estranha pra se pensar enquanto toma banho não é? E por fim me lembrei daquele beijo que nós demos, levei a mão até meus lábios enquanto a água escoria me lembrando daquele beijo... e que beijo!  Chacoalhei a cabeça tentando me livrar daqueles pensamentos e voltei a tomar banho.

Quando terminei sequei meu cabelo, fiz escova em seguida passei a chapinha. Fiz uma maquiagem simples, nada muito cheguei mas que fazia toda a diferença no meu visual. Coloquei o vestido que havia escolhido, depois sentei na cama para colocar o sapatos



Coloquei um sapato bem alto, me levantei e olhei no espelho foi quando ouvi o interfone tocar, olhei no relógio do celular e era 5 pras 11, puta que pariu quando o tempo passou tão rápido?  Corri até o interfone com dificuldades, porque é difícil correr de saltos  atendi e o porteiro disse que o Zayn estava lá em baixo, o porteiro é bem simpático até brincou dizendo que eu estava ficando importante e que agora celebridades sempre me procurava, ri e pedi pra que ele dissesse pro Zayn subir e me esperasse na sala enquanto eu terminava de me arrumar que a porta estava aberta, ele falou que dava o recado então eu voltei pro meu quarto pra terminar de me arrumar.

Passei um perfume e desodorante, coloquei um brinco, peguei uma pequena bolsa coloquei o meu celular dentro dela e algumas coisinhas. Depois fui até a sala, encontrei Zayn de costa olhando um porta retrato meu de quando eu era menor, ele notou minha presença assim que cheguei pelos barulhos do meu salto batendo no piso conforme eu andava


Zayn: Você era uma gracinha quando... – virou e me olhou de cima em baixo- UAL!
Mel: O que foi?
Zayn: Eu ia dizer que você era uma gracinha quando menor, mas vejo que você está cada dia melhor -colocou o porta-retrato no lugar e se aproximou de mim-
Mel: -sorri- Quero sua opinião sincera, eu fiquei bem com essa roupa?
Zayn: Deixa eu ver melhor –pegou minha mão e me rodou- eu diria que muito mais do que bem, você está incrível.
Mel: Não precisa exagerar.
Zayn: Vai ser a garota mais linda da festa
Mel: Aposto que não.
Zayn: Quer mesmo apostar ? Vai perder.
Mel: Eu aposto qualquer coisa, conheço varias das garotas que vão estar lá e sei que são muito mais bonitas que eu.
Zayn: Então vamos apostar! Se você ganhar e tiver alguma garota naquela festa mais bonita do que você, você pode me pedir qualquer coisa.
Mel: Ok,  mas vamos supor que eu perca o que não vai acontecer óbvio, mas vamos só supor! O que você vai pedir em troca?
Zayn: Eu ainda vou pensar bem nesse assunto –fez uma cara de suspense-
Mel: -ri- Tá apostado!


JustinON


Quando terminei os ensaios fui direto pra casa já estava bem tarde e eu estava cansado mas mesmo assim fui tomar uma banho pra poder ir na festa do Chaz, eu disse que iria e seria mancada se eu não fosse agora. Depois do banho em quanto me arrumava fui contando tudo o que rolou no acampamento pra minha mãe que ouvia tudo e ficou chocada com o que aconteceu com a Jessie mesmo sabendo que isso aconteceria mais cedo ou mais tarde.
Terminei de me arrumar 

  
E fui pra festa.

(...)



Cheguei lá uns 15 minutos mais cedo, mas mesmo assim já tinha um pessoal curtindo a pista de dança, Chaz caprichou dessa vez, tinha DJ, jogo de luzes, barman, estava realmente uma perfeita baladinha. Conforme foi se aproximando das 11h o resto do povo foi chegando, todos faziam questão de me cumprimentar.  Fiquei ali conversando com o Chaz o Ryan, Nollan e logo o Christian chegou também e se juntou a nós. O garçom passava servindo as bebidas mas eu não estava a fim de beber nada hoje, a não ser uma água, perguntei pro Chaz onde havia água e ele foi me mostrar onde ficava. Enquanto andávamos no meio do pessoal indo buscar minha água, bati o olho e vi ela...Mellanie! Parei no meio do caminho assim que bati meus olhos nela, ela estava mais linda do que qualquer um possa imaginar, estava com um vestido meio curto mais de maneira alguma vulgar, ela estava completamente linda e sexy. Eu não fazia idéia de que ela viria pra essa festa e muito menos acompanhada do Zayn, se eu soubesse disso, que eles viriam juntos eu provavelmente não teria nem vindo. 


Chaz: Por quê parou? Algum problema?
Justin: Você convidou eles? – olhei pros dois fazendo Chaz olhar também-
Chaz: Convidei a Mel, ela me pediu pra trazer um amigo mas eu não tinha idéia de que era o Zayn Malik
Justin: hm 
Chaz: Eles ficam bem juntos não acha? Mellanie é muito linda!
Justin: Afs véi, vai se foder!


Sai e fui procurar a porra da água sozinho, é só o que me faltava agora ver gente apoiando o casalzinho, criem logo um fã clube ‘’apoio zallanie’’ e vão todos pra puta que pariu junto com ele.


MellanieON


A festa estava simplesmente incrível, fora a pegação né, mas isso tem em qualquer lugar. Assim que cheguei dei de cara com o Justin,como eu não pensei nisso antes? É lógico que ele estaria nessa festa ele é um dos melhores amigos do dono da casa. Fingi que não o vi e continue andando de braços dados com o Zayn, o pior de tudo é que ele estava tão lindo, droga! Você poderia pelo menos  ser mais feinho né Justin!?
Eu o Zayn fomos direto pro barman, pedi uma bebida sem álcool e ele pediu alguma coisa pra ele. Ficamos ali sentados bebendo e rindo bastante, eu estava contando pra ele dá vez em que eu discuti com o meu amigo brasileiro por ter chamado ele e o Harry de gay, ele apenas ria das tiradas que eu dei e parecia nem ligar pro que o garoto pensava a respeito dele, afinal de contas o que é um hater no meio de milhares de fãs? Zayn é o humilde de mais pra dizer, mas ele sabe que esses garotos são invejosos e no fundo queriam ser como ele. 

Zayn: Ei, você tem certeza que eu podia vir pra essa festa?-mudou de assunto-
Mel: Claro, o dono da casa é do meu colégio.
Zayn: Ah se é assim vamos aproveitar, quer dançar?
Mel: Porque não?


Ele pegou em minha mão me fazendo descer do banquinho em que estava sentada então fomos pra pista e... nossa, nos acabamos de tanto dançar.  Eu ficava o tempo todo rindo da maneira como o Zayn dançava, ele percebia que eu me divertia com a aquilo e continuava fazendo seus pasinhos sinistro.  Depois de um bom tempo lá dançando Zayn  se aproximou de mim colocando uma de suas mãos em minha cintura, e disse no meu ouvido:

Zayn: Acho que ganhei a aposta!

Demorei um pouquinho até processar aquilo e me lembrar da aposta que tínhamos feito antes de vir

Mel: De maneira alguma, você já viu o tanto de garotas bonitas que tem nessa festa!?
Zayn: Não, porque eu estava preocupado de mais olhando pra mais linda que está bem aqui na minha frente

sorri tímida eu nunca sei como agir quando alguém me elogia
 
Zayn: Fica ainda mais linda com vergonha.
Mel: Para, não fica dizendo essas coisas que eu fico mais sem graça ainda.
Zayn: Olha, eu prometo que vou tentar, mas antes você me deve algo não acha!? Eu ganhei!
Mel: Não acho não! -ri- Mas vamos lá o que você quer?
Zayn: Você!
Mel: Acaba de dizer que iria tentar não me deixar sem graça, o que aconteceu?
Zayn: Mas o que eu posso fazer se eu quero você!?
Mel: Uhmm –entrelacei meus braços em volta da sua nuca- e o que exatamente você quer de mim?
Zayn: Acho que no mínimo um beijo eu mereço.


Fiquei encarando aquele sorriso lindo, por quê eu não o beijaria? Ele é tão perfeito, um cara tão legal, não é novidade pra ninguém que ele me atrai e acima de tudo ele estava ali pedindo um beijo meu. Sorri e então o beijei, ele colocou suas duas mãos em volta do meu rosto dando mais intensidade naquele beijo e porra que beijo bom. Terminamos pela droga de falta de ar , aquele beijo foi perfeito porém eu fiquei decepcionada, sim decepcionada, não porque eu não gostei, caralho só Deus sabe o tanto que eu gostei, mas é que eu esperava que esse beijo fosse superar o do Justin e infelizmente não foi isso o que aconteceu, de todos os caras que eu beijei o dele foi o melhor e acho que vai ser bem difícil alguém superar, droga, droga, droga!
Sorri tentando não demonstrar a minha frustração


Zayn: Eu disse no mínimo um beijo? Não não, eu quis dizer no mínimo dois!
Mel: Bobo, acho que vamos ter bastante tempo ainda nessa festa pra nos beijarmos, vai com calma -ri e ele também- vou buscar uma bebida, o que você quer?
Zayn: Você –me selou-
Mel: Zayn!- o encarei e ri- Eu estava me referindo a bebida.
Zayn: Ah, trás qualquer uma.
Mel: Ok
Zayn: Não demora –sorriu-
Mel: Pode Deixar.

JustinON


Fiquei boa parte da festa ali sentado em sofá que tinha perto da pista de dança com os garotos, eu estava em um mal humor que nem eu mesmo me suportava, então resolvi nem abrir a boca pra falar algo, apenas ouvia o que eles conversavam, quer dizer mais ou menos porque eu ficava com a minha atenção na pista de dança. Mellanie estava lá, rindo e dançando com o Zayn e eu não entendo o porque mais ver esses dois juntos me irrita de mais e por mais que eu tentasse não olhar, era pra lá que meus olhos estavam vidrados. Em um momento eu desviei o olhar deles e quando olhei de novo eles estavam se pegando, me levantei do sofá com o sangue fervendo tudo o que eu queria era ir lá e socar aquele cara que nesse momento estava socando a língua dele na boca da Mellanie, Chris e o resto do pessoal ficou me olhando sem entender nada mas também não fizeram perguntas.  Fechei minhas mãos tentando controlar a raiva eu não podia ir lá e simplesmente bater nele, como eu justificaria isso?

Sai andando eu ia pra casa, eu não ia ficar aqui vendo isso. Cheguei na porta de saída e parei ali. Quer saber? Mudei de idéia, eu não vou pra casa, eu não vou ficar lá me lamentando sendo que aqui tem música, bebidas e mulheres. Eu vou pelo menos tentar aproveitar o que ainda me resta e foda-se Mellanie e foda-se Zayn e foda-se todo mundo!

Tirei a camisa fui pro meio da pista e comecei a dançar

 

 Enquanto dançava avistei na pista um mina super tantão, cheia de bunda e com seios bem fartos. Ela me encarava o tempo todo, fui andando dançando por entre as pessoas da até chegar nela, e quando cheguei já fui logo a agarrando.


Justin: Tá sozinha?
Garota: Agora não estou mais.


Sorri sapeca e começamos a dançar, ela dançava tão sensualmente se esfregando em mim que eu já estava ficando todo acesso, até que ela virou e começou a rebolar conforme a batida em cima do meu membro que ficou pulsando ali dentro da minha calça. Nesse momento me lembrei da Mellanie beijando o Zayn e tudo o que eu queria era tira aquela cena da minha cabeça. Apertei a bunda daquela gostosa que se esfregava em mim que sorriu maliciosa.

Justin: Vamos subir gata? –falei em seu ouvido-
Garota: Você acha que é assim, chegar aqui me chamar pra subir que eu simplesmente vou subir lá e transar com você?
Justin: é
Garota: Tem razão vem – me puxou pela gola da camisa me deu um beijo e subimos de mãos dadas pro quarto do Chaz.



MellanieON

 

 Fui pegar as bebidas, quando voltava vi o Chris, Chaz, Ryan, Nollan e alguns garotos na rodinha. Me aproximei para poder dar um beijo no Chris pois eu ainda não tinha falado com ele na festa. Quando cheguei eles conversavam sobre algo

Chaz: Nossa ele se deu bem ela é muito gostosa.
Chris: Verdade, ele sempre pega as mais gostosas da até raiva.


Olhei pra onde eles olhavam quase babando pra variar, queria saber do que eles estavam se referindo quando vi Justin e um garota dançando, se é que eu posso chamar aquilo de dança, eles estavam praticamente se comendo em plena a pista de dança

Ryan: Quer apostar quanto que jaja ele vai subir com ela pro quarto do Chaz?
Nollan: Não quero apostar nada, é do Justin que estávamos falando.
Chaz: Só sei que ele vai ter que trocar meus lençóis de cama depois, não vou dormir naquilo –todos riram menos eu-


Como assim, outra? Justin vai dormir com mais uma? Mas ela acaba de conhecer a garota, talvez esses garotos estejam exagerando e ele só esteja curtindo a festa com garota e...a mano quem eu vou querer enganar!? olha pra eles estão quase tirando a roupa ali mesmo, não vai demorar muito pra eles subirem pro quarto tenho certeza só sei que eu não vou deixar isso acontecer, não mesmo, o motivo eu não sei, não sei porque eu quero impedir isso, só sei que eu não vou deixar não vou não vou! Eu já impedi ele uma vez com a Lise, só que aquele dia eu cheguei tarde porque eles já tinha começado, mas dessa vez eu não deixar nem eles começarem ou eu não me chamo Mellanie Rea.
 
Interrompi a conversa dos garotos, eles ainda não tinham me visto ali perto, cumprimentei eles bem rápido e fui logo perguntando pro Chaz.


Mel: Chaz, o banheiro aqui em baixo está ocupado, eu posso usar o seu?
Chaz: Claro, subindo as escadas segunda porta a direita.
Mel: A muito obrigada, toma Chris, toma Ryan peguei pra vocês – entreguei minhas bebidas pra eles que ficaram me olhando meio desconfiado e sai dali.


Procurei minha bolsa que eu tinha deixado em um canto onde não tinha muita gente, peguei meu iphone dentro dela, joguei a bolsa no mesmo lugar onde eu havia deixado antes e subi as escadas, ali em cima não tinha ninguém menos mal. Segunda porta a direita, entrei nela e com certeza ali era o quarto do Chaz, era bem a cara dele mesmo, o quarto era lindo e espaçoso mas só acho que eu não tenho tempo agora de ficar admirando o quarto né!? Olhei por todo aquele espaço procurando algo que servisse pro meu plano e encontrei a cadeira do computador, sai arrastando ela com suas rodinhas ao lado próximo a cama do Chaz, depois apertei a alavanca da cadeira a deixando mais alta possível. Peguei um livro que achei em uma estante coloquei em cima da cadeira, depois coloquei meu iphone no modo ‘’video’’ e cliquei pra gravar, coloquei-o apoiado no livro em cima da cadeira de uma maneira que pegasse bem a cama. Logo após entrei no banheiro do Chaz revirando todas aquelas gavetas e portas, incrível como eu conseguia fazer tudo muito rápido nem eu estou me reconhecendo. Não demorou muito achei o que eu queria, um pacote de camisinhas, coloquei o mesmo no meu sutiã, fechei todas as portas e gavetas que havia aberto, pronto agora eu tinha que sair dali o mais rápido possível.


Sai de lá bem a tempo, quando fechei a porta vi os dois subindo de mãos dadas, entrei em  outra porta me escondendo, onde lá deveria ser o quarto dos pais do Chaz.
Sei lá, eu ainda tinha esperanças que o Justin tivesse só dando uns pegas naquela vadia e que não subisse pra esse quarto, mas era obvio que ele não iria ficar só nos beijinhos, como se esse garoto prestasse né!? Já que ninguém faz nada e deixa ele fazer o que ele quer, eu vou começar a impedir isso vou começar a ser um estorvo na vida dele e torna - lá um inferno.
Abri um pedacinho da porta pra ver se eles já tinham entrado e sim eles já tinham, então sai dali. Agora era só esperar um pouquinho pra terminar de concluir meu plano, um dos dois vai ter que sair dali pra buscar camisinha, Justin é um irresponsável mas ele não é burro a ponto de fazer sem, e quando um dos dois sair eu termino de agir

Nem precisei esperar muito vi a garota saindo do quarto arrumando o vestido, super impaciente, a biscate tava doida pra dar pra ele, sinto muito queridinha mas vou ter que atrapalhar.


Mel: Ei você!
Ela me encarou e continuou andando, fui atrás dela


Mel: Ei garota eu preciso falar com você.
Garota: Agora não posso, depois –me encarou e continuou andando-
Mel: Não pode ser depois tem que ser agora!
Garota: Eu já disse depois, mas que saco!
Mel: O JUSTIN É GAY! –gritei a fazendo parar de andar e voltar até mim-
Garota: Gay? –riu desesperadamente- menina você não sabe o que está dizendo!
Mel: Eu sei muito bem o que eu estou dizendo, acredite!
Garota: Você já viu a pegada que aquele homem tem? Meu Deus, ele é tudo menos gay.
Mel: Sim, eu já vi a pegada que ele tem, mas é tudo fachada, ele é ótimo ator!
Garota: Ah me poupe, tenho coisa melhor pra fazer!
Mel: Como ir buscar camisinha pra vocês? Mano ele é gay eu já disse!
Garota: Isso não é da sua conta.
Mel: Larga de ser burra, ele ta te usando, ele é gay caralho!
Garota: Pra que ele me usaria!? Isso não tem sentido algum.
Mel: Olha presta atenção, só escuta depois se você quiser ir lá dar pra ele o problema é seu, mas escuta ta bom?
Garota: Seja rápida!
Mel: Tá, se eu to aqui vindo dizer isso pra você é porque eu acho muito errado isso o que ele faz, ele já fez comigo e eu o perdoei, hoje somos amigos, se quiser pode ir lá em baixo perguntar pra qualquer um se não somos amigos, até viajar juntos a gente já viajou, mas sabe porque o meu pai concordou em me deixar viajar sozinha com ele? Porque ele é gay cara, ele é gay!  E eu sei que ele tem uma pegada que nossa senhora, faz qualquer mulher duvidar disso, mas como eu disse ele é ótimo ator. Seria uma bomba se as pessoas descobrisse que ele é gay, isso acabaria com a carreira dele e com a fama de badboy que ele tem, hoje ele vai te usar, ele vai transar com você mesmo sentindo um nojo enorme, pra depois sair falando pros amiguinhos pra pagar de pegador e de machão, isso limpa a imagem dele e suja a sua, porque como eu disse ele já fez isso comigo e eu fiquei como a puta da historia, mas isso é passado eu não gosto de lembrar disso.
Garota: E...porque eu acreditaria em você?
Mel: Olha se não acredita, verifique você mesmo! Eu aposto que em algum lugar daquele quarto tem uma câmera, que ele grava e mostra depois pros amiguinhos, se ele ainda não mudou a tática a câmera provavelmente vai estar em cima de uma cadeira! vai lá tire suas duvidas.   


Ela me olhou desconfiada, deu as costa e voltou pro quarto. Ela voltou sem ir buscar a camisinha isso é um ótimo sinal. Cara, porque raio de motivos eu estou fazendo faculdade de administração? Minha vocação mesmo é atriz, eu mandei muito bem cara, até eu fiquei impressionada comigo mesmo eu não sabia que eu tinha essa capacidade toda, mas acho que quando o assunto se trata do Justin eu me transformo.


Agora é a hora que eu saiu de cena e me faço de santinha, desci as escadas e puta que pariu, me esqueci do Zayn. Procurei ele no meio daquele povo e achei ele, ele parecia estar me procurando também. Me aproximei e quando cheguei fui logo lhe dando um beijo bem gostoso, acho que ele me acostumou muito mal

Zayn: Ual –sorriu- o que foi isso?
Mel: Desculpa, me empolguei
Zayn: Se empolgue sempre então – me puxou pela cintura e me deu um selinho- ué cadê as bebidas?
Mel: Putz esqueci.
Zayn: E onde você estava?
Mel: Conversando com o Christian meu amigo, mas pode deixar eu vou buscar!
Zayn: Não, deixa que eu vou dessa vez linda.
Mel: Tá –sorri de canto-


Ele me deu um beijo na bochecha e observei ele indo até o barman, Zayn é um cara legal, eu gosto bastante dele, na verdade eu sempre gostei e na verdade estar aqui com ele é tudo o que eu sempre quis.

Olhei pras escadas e vi o Justin a descer bem rápido com uma cara nada boa, ele estava com algo na mão e parecia procurar alguém, não sei porque mas talvez seja eu que ele esteja procurando. Andei entre as pessoas e fui  até a saída, é sempre assim eu faço a cagada e depois fujo. Mas eu não estava arrependida eu estava feliz e faria tudo de novo se necessário, quando cheguei na porta olhei pra atrás e mesmo de longe nossos olhares se cruzaram, droga ele me viu!  



JustinON


Eu não acredito que aquela filha da puta fez isso comigo, eu não acredito cara! Gay? Mano, gay? Puta que pariu isso já passou dos limites, ela conseguiu me deixar fora de mim mas uma vez, e não é a primeira vez que ela faz isso, não é a primeira vez que ela atrapalha meus esquemas, mas que porra já não basta ela não sair da minha cabeça um minuto se quer, já não basta  ela ficar ali se pegando com o Zayn na minha frente me deixando morrendo de raiva, ela ainda faz isso? Ela ainda atrapalha minha transa pela segunda vez? Onde tudo o que eu queria com aquilo era tira-lá da minha cabeça!

Desci aquelas escadas mais puto do que qualquer um possa imaginar, e mesmo de longe consegui a ver saindo pela porta. Corri e consegui alcança-lá lá fora, a encostei no murro que separava a casa do Chaz com a dos vizinhos, ali fora tinha alguns casais, mas eles estavam se pegando e nem prestava atenção na gente. A segurei forte pelo braço, minha raiva falava maior que qualquer outra coisa.


Mel: Ai Justin, ai você ta me machucando.
Justin: Eu to pouco me fodendo, eu quero te machucar do mesmo jeito que você me machuca –continuou a apertando com a mesma intensidade-
Mel: Justin é sério, me solta você ta me machucando
Justin: Você não pensou nisso antes de fazer o que fez não é?
Mel: Eu não fiz nada, você ta louco me solta caralho!
Justin: Por quê você faz isso comigo Mellanie? Por quê?
Mel: Eu já disse que eu não fiz nada.
Justin: Então de quem é essa porra de celular? –a soltei e mostrei o celular que estava em uma das minhas mãos que antes prensava os braços dela-
Mel: Eu não sei – falou colocando as mãos no lugar onde eu apertava-
Justin:Não seja hipócrita, ele é seu, você armou pra mim!
Mel: Eu não fiz nada saco
Justin: Esse celular é seu, tem fotos suas ali!
Mel: Mas que droga foi eu mesmo ta bom? O que você vai fazer me bater!? Anda me bata, quero ver se você é homem o suficiente, me bata!!

Eu estava com os nervos a flor da pele e ela estava ali me desafiando, a segurei pelos pulsos enquanto ela continuava dizendo pra mim a bater, das duas uma ou eu batia nela no estado em que eu estava não duvido nada que eu fosse capaz de fazer, ou eu a beijava e a fazia calar a boca. Optei pela segunda opção, a beijei soltando seu pulsos agora eu segurava sua cabeça, ela se contorcia tentando sair dali mas logo se rendeu aquele beijo, nos beijávamos feroz e intensamente, talvez esse fosse o beijo mais intenso, aqueles que ambos se esforça pra parar mas não consegue porque se desejam como nunca.

Aos poucos fomos diminuindo a velocidade tinha se tornado em um beijo delicado, nos afastamos com dificuldade


Mel: Não...não faz mais isso –disse baixinho ainda estávamos bem próximos e nossos corpos estavam colados-
Justin: Olha, olha o jeito que você se entrega pra mim, olha o jeito que você fica em meus braços, você não pode me beijar desse jeito e depois me pedir isso.
Mel: Justin por favor... me solta
Justin: Eu não estou te segurando, você não consegue resistir e eu também não.
Mel: Para de dizer essas coisas, para de fazer isso comigo, eu preciso te odiar
Justin: Esquece essa historia de odiar -coloquei minha mão em seu pescoço e fitei seus labios- deixa eu te beijar, deixa? 

Ela não dizia nada, mas nem precisava seus olhos diziam por ela e é exatamente assim que eu gosto de vê-lá, entregue ao desejo, entregue a mim, não á nada mais perfeito do que isso, pena que momentos assim são raros, a beijei e aproveitei o maximo daquele beijo, daquele momento, eu sei que momentos assim duram poucos ainda mais com ela que se tornam tão perfeitos.  


--------------------------------------------------------
Eu tô muito, muito, muito feliz!!

O blog chegou a mais de 100 mil visualizações, isso é incrivel! 
Obrigada de verdade =´)


O que acharam desse capitulo? 
Eu não vou demorar pra postar o proximo se vcs comentarem bastante!!

Cliquem no botão tweetar aqui em baixo pra divulgar a fanfic no twitter de vocês?


thanks =´)


28 comentários:

  1. Vc sabe q eu te amo né? Kra tu é perfeita e a cada cap vc melhora mais <3 n demora mto pra postar amr pfvr continua =) @weshawtybiebs

    ResponderExcluir
  2. Que lindooooooooooooooo
    continuaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. CONTIUA CARA TA MAISQUE PERFEITO
    JB E MAL JUANTO PQP CONTINUA PQP

    ResponderExcluir
  4. OMB aiiiiiii continua ta muito perfeito mesmo
    Mais uma vez vc se superou!!!
    @Buuhlovesjustin

    ResponderExcluir
  5. Continua ta muito perfeito

    ResponderExcluir
  6. Amei. Continua, por favor. Babe :)

    by: Camila Belieber

    ResponderExcluir
  7. POSTA LOGO *-*

    Amor poderia divulgar minha fic pfvr? http://apenasimaginemesninacomswag.blogspot.com.br/obrigado, amo a sua bjs <3

    ResponderExcluir
  8. ameiiiiiii está perfeito...continua por favor.....e ñ demora a posta!!!

    ResponderExcluir
  9. Cooonnttiinnuuaaa pf.

    ResponderExcluir
  10. Ameei gnt vc se superou de nv parabéns ta perfeita

    ResponderExcluir
  11. Amor continua to ficando anciosa xD

    ResponderExcluir
  12. Wow continua ta muito perfeito.
    Hahaha Mel sempre aramando na hora H do justin.. kkk.
    Me desculpa por não ter comentado nos anteriores, to meio ocupada como os,estudos e to ferrada agora, acabei de ficar sabendo que fiquei com 2 notas vermelha.. Bom mais isso não interessa não agora, continua pq ta perfeito.

    ResponderExcluir
  13. nossa vei continua logo please vlw bjssssssssss!!!...

    ResponderExcluir
  14. Ameeeeeeeei,posta logo!!e ñ esquece de avisar no tt @bigswagbr

    ResponderExcluir
  15. Mel aprontando kkk e eles se beijaram de novo <33 #jamel eu shipo kk continua!

    ResponderExcluir
  16. coonnnnntttttttiiiiiiiiiiiiiinnnnnnnnnnuuuuuuuuuaaaaaaa omgg ib diiiva

    ResponderExcluir
  17. Oh God! Ameiii demais! Muito bom! Continua rápido por favor!
    Beijos
    Fica com Deus.

    NGB*

    ResponderExcluir
  18. Oh my Bieber! Que capítulo extremamente PER-FECT! Sua fic está cada vez mais emocionante. Continua quando puder. Beijos. <3 @biebzreason

    ResponderExcluir
  19. Perfeito!!! Please, continua rapidinho!

    ResponderExcluir
  20. parabéeeeeeeeeeeeens pela fic e pelo blog que esta crescendo mais o numero de visualizações!
    Você merece.. você escreve mto bem..
    Não tenho duvidas em dizer que essas é uma das fantics que mais amoooooooooooooooo!
    continua logo amr, que ja estou pirando de ansiedade! beijosss

    ResponderExcluir
  21. Coonnttinua!!!! Please Perfect. Amei tá demais. Posta logo. Beijos linda.

    ResponderExcluir
  22. ~leitora nova~

    continue sua diva linda pffffffffvvvvvvvvvvvvvv

    ~thalia~

    ResponderExcluir
  23. Leitora nova \o/ to amando sua ib continua logo rs -tamy

    ResponderExcluir
  24. Poostaa logoo perfeiçãoo by: cah

    ResponderExcluir
  25. Leitora nova, gatinha...

    ResponderExcluir
  26. Eu amei esse capitulo já li ele varias vezes! Eu amo essa fanfic apesar de não gostar do Justin :/

    ResponderExcluir